user_mobilelogo

Jovem piloto português sofreu múltiplas fraturas nos membros inferiores e foi transportado para o Hospital de Saragoça para ser submetido a cirurgia.

Pedro Nuno foi este domingo vítima de uma aparatosa queda no início da corrida final da categoria Superstock 600 em Aragón, por ocasião da quinta ronda do Campeonato Espanhol de Velocidade, tendo sofrido diversas fraturas ao nível dos membros inferiores.

A queda de um piloto após o primeiro par de voltas motivou uma queda coletiva onde o jovem piloto português estaria envolvido. Pedro Nuno acabou por ser "atropelado" por alguns dos pilotos que o perseguiam, causando múltiplas fraturas de tíbia, perónio e fémur, inclusive uma fratura exposta, quer ao nível da perna direita quer da perna esquerda. O piloto foi assistido no local pela equipa médica da prova, que prontamente auxiliou o Pedro Nuno, tendo este depois sido evacuado para o hospital local, antes de ser transportado para o Hospital de Saragoça para intervenção cirúrgica.

Mais uma jornada de azar para Pedro Nuno, que este ano tem visto a sua carreira afetada por diferentes contratempos que afastam a qualidade e performance competitiva do jovem piloto do município de Benavente.

Mais informações sobre o estado de Pedro Nuno serão comunicadas oportunamente.

Acompanhe o piloto Pedro Nuno em www.facebook.com/PilotoPedroNuno.

Pedro Nuno CEV Aragón