user_mobilelogo

Terminou com máxima emoção a Rampa do Caramulo, uma edição espectacular desta mediática prova organizada pelo Targa Clube, com o apoio do Museu do Caramulo e edilidades locais. Rui Ramalho e o Osella PA2000 Evo2 foram os brilhantes vencedores da rampa, conseguindo o tempo total de 2:29s555 no cômputo das duas melhores tentativas, ficando ainda na sua posse, o novo recorde da rampa com o tempo de 1:14s670.

Com recordes batidos em todas as subidas excepto na última, Rui Ramalho e Pedro Salvador deram um grande espectáculo, com o piloto do Silver Car a nunca baixar os braços, batendo-se até ao último metro pelo triunfo, mas tendo de se contentar com o segundo lugar final a somente 260 milésimos do vencedor! Paulo Ramalho em Osella PA21S foi o terceiro na frente de João Fonseca em BRC CM05 Evo e Nuno Guimarães (BRC CM02), estes, os cinco primeiros da classificação geral e da Categoria 1.

“Como é fácil de ver esta foi uma vitória muito difícil, face a um opositor de enorme valor como é o Pedro. Tive de andar sempre nos limites para conseguir vencer, o que acabou por acontecer e me leva a sair daqui muito feliz. O carro esteve sempre impecável, graças ao excelente trabalho da equipa, a quem quero dedicar este triunfo “tirado a ferros” e que se pode revelar muito importante em termos de campeonato. Precisava de vencer aqui, uma rampa favorável ao meu carro e preparar assim da melhor forma a recta final desta emocionante competição”. Disse Rui Ramalho.

Na Categoria 2 Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup) mostrou-se implacável, consumando o triunfo com o tempo total de 2:52s665, na frente de José Correia em Nissan GT-R GT3 e de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup.

“Foi mais uma vitória importantíssima para mim, numa rampa ligeiramente favorável ao meu carro e onde precisava mesmo de vencer. Tal como nas provas anteriores este foi mais um triunfo difícil, com a minha equipa a estar em grande plano depois de ontem termos tido alguns problemas ao nível da afinação, hoje o carro esteve muito bom e consegui vencer.” Sintetizou Gonçalo Manahu.

Depois da ausência na subida oficial de Sábado, Manuel Correia esteve imparável nas duas subidas de hoje, triunfando na Categoria 4 com a marca final de 2:55s850. Luis Silva em BMW M3 foi segundo, com o último lugar do pódio a pertencer a Nuno Pinto em Mazda MX5. Marco Guerra e o Peugeot 306 GTi completou o lote de pilotos que pontuaram nesta categoria.

“Ontem tive um problema no arranque e não consegui largar, o que aumentou a pressão para hoje, já que tinha necessariamente de completar as duas subidas de prova para me poder classificar. Correu bem e consegui mais um triunfo o quinto do ano em cinco corridas. O título está assim mais perto e isso deixa-me muito satisfeito.” Contou Manuel Correia.

Joaquim Teixeira venceu destacado a Categoria 5, obtendo o tempo total de 2:56s246 com o seu Renault Megane Trophy V6, na frente de Francisco Marrão em SEAT Leon Supercopa.

“Foi mais uma vitória importante em direcção ao título, com o meu foco a centrar-se agora no grupo dos turismos onde conseguimos também um bom resultado. Ontem tive problemas com as bombas de gasolina do Megane e tive de falhar as duas subidas de treinos, mas a equipa resolveu os problemas e por isso hoje estive ao meu nível habitual.” Disse Joaquim Teixeira.

Sempre na liderança da Categoria 3 ao longo das três subidas de provas, Pedro Saraiva (Mitsubishi Lancer Evo IX) não foi incomodado no caminho até à vitória, que conseguiu com a marca total de 3:06s490. No segundo lugar ficou o piloto local Carlos Luis em SEAT Leon TDi, seguido por Carlos Guimarães em Peugeot 206 RC. Sérgio Nogueira em Citroen Saxo e José Oliveira em Subaru Impreza, completaram a classificação desta categoria.

“Este foi um triunfo complicado, já que apesar de termos estado quase sempre na frente, tivemos de resolver vários pequenos problemas e por isso, este é um triunfo saboroso que dedico a toda a equipa. Com este resultado reforço a minha luta pelo título e por isso vamos continuar na luta.” Afirmou Pedro Saraiva.

Vitória fácil para Armando Freitas (Toyota Starlet) na Taça Nacional de Montanha, com o piloto a obter o registo de 3:29s625. Ricardo Sousa foi o segundo com o seu Fiat Uno 45s.

“Foi uma vitória fácil, numa prova onde fui conseguindo melhorar os meus tempos subida após subida. Saio satisfeito por isso satisfeito daqui com objectivos concretizados.” Disse Armando Freitas.

No Campeonato Nacional de Clássicos Montanha, o grande vencedor foi Flávio Sainhas. O piloto do Ford Escort MKI completou a prova em 3:12s279, batendo o favorito José Pedro Gomes em carro idêntico e Parcídio Summavielle em Datsun 240Z. Luis Moutinho em Ford Escort e Mário Mesquita em Datsun SSS, fecharam o lote de pilotos que pontuaram no Caramulo.

“Não foi nada fácil este triunfo. Tive de me aplicar ao máximo para derrotar a forte oposição e a muita competitividade que existe nos clássicos. Isto torna esta vitória ainda mais gratificante e recompensadora, face ao esforço que tivemos de desenvolver em dois dias de muito calor.” Afirmou Flávio Sainhas.

No Troféu Nacional de Clássicos Montanha, a vitória pertenceu aos pilotos da casa, com Fernando Salgueiro em Ford Escort MKI a ser o melhor com o tempo final 3:13.246. Completaram o pódio, Ricardo Loureiro, também em Escort MKI e Carlos Oliveira em BMW 323i. Carlos Fava e Rui Gama completaram a classificação ao volante dos seus VW “Carocha”.

“Esta é uma vitória que me deixa muito feliz, porque é na prova disputada na minha terra e porque consegui imprimir um andamento forte e com isso surpreender os meus adversários que não me deram descanso.” Adiantou Fernando Salgueiro.

Sempre na frente, Anibal Rolo e o Datsun 1200 Coupé venceram a Taça Nacional de Clássicos 1300 com o registo final de 3:27s144. José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) e Domingos Fernandes em Autobianchi A112.

“Não há vitórias fáceis e esta também não o foi, apesar de nunca me ter sentido ameaçado. O carro esteve sempre impecável e isso contribui para um fim-de-semana quase perfeito”. Disse Aníbal Rolo.

O Campeonato Nacional de Montanha Valvoline prossegue dentro de duas semanas, com a realização da Rampa Porca de Murça.

Classificações

CaramuloPressReleaseDomingo GTI 9043