user_mobilelogo
No passado domingo, 19 de setembro, realizou-se a 11ª Perícia da Guarda – Capital Europeia da Cultura, numa parceria entre o Guarda Unida Desportiva (GUD) e o Município da Guarda. Esta tratou-se, eventualmente, devido aos adiamentos,, da última prova do Campeonato de Portugal de Perícias e do III Troféu Raiano de Perícia/Slalom 2021 e foi realizada na área circundante ao Mercado Municipal.
Após o término das inscrições e de todas as verificações necessárias, estavam presentes 23 pilotos que, de acordo com as características dos seus veículos, se distribuíram pelas classes correspondentes. Todos os pilotos pontuaram para a sua classe e para a classificação geral, no final das cinco tentativas regulamentares.
Depois de realizadas as cinco tentativas, António Borges venceu a sua segunda prova do Campeonato de Portugal de Perícias, depois de vencer em Cerva, perante o muito público presente. António Borges foi vencedor, também, na sua classe (1B), aos comandos de um Caterham. Jorge Almeida (Volkswagen Polo – proto) ficou em segundo na geral, sendo seguido por António Alexandre (Mini).
Em relação à classificação final por classes, Jorge Almeida conquistou o lugar mais alto do pódio na Classe 1A, Jorge Sá venceu na Classe 2A, Dino Almeida na Classe 2B, Rui Loureiro venceu na Classe 3A e Luís Filipe Fortunato conquistou o primeiro lugar na Classe 3B. O melhor piloto do Concelho da Guarda foi Joaquim Morgado, o veterano piloto do Porto da Carne.
A prova da Guarda registou um assinalável êxito desportivo e de promoção do desporto automóvel, reunindo os melhores pilotos nacionais da modalidade e uma grande multidão de amantes das corridas automóveis.
Na cerimónia de entrega de troféus a organização agradeceu aos pilotos, ao imenso público que esteve presente e a todos os intervenientes que tornaram possível a realização da prova, nomeadamente, a Câmara Municipal da Guarda, os Bombeiros Voluntários da Guarda, a PSP, entre muitas colaborações que contribuíram para o sucesso de mais uma organização do GUD.