user_mobilelogo
O Campeonato de Portugal de Drift está de regresso a Pinhel nos dias 21 e 22 de agosto, numa organização da Câmara Municipal de Pinhel e do Clube Escape Livre. Será o quinto ano que a cidade falcão recebe a caravana do Drift, terceiro a contar para a competição nacional tendo como embaixador o piloto Rui Pinto e o incentivo extra da presença de pilotos estrangeiros a disputar a Taça Internacional.
O epíteto de “Capital do Drift” não foi outorgado de forma leviana: o Circuito de Pinhel é das provas mais desejadas pelos pilotos e depois da ausência em 2020, a ansiedade é grande para voltar a ter na cidade falcão o ronco dos motores e o cheiro a borracha queimada.
O Circuito de Pinhel será a terceira prova do Campeonato de Portugal de Drift e acolherá, também, os pilotos da Taça Internacional, demonstração da disciplina à margem do campeonato.
E com a presença sempre importante do público!
Na verdade, e no respeito de todas as regras da Direção Geral da Saúde, Pinhel acolherá o público entusiasta da modalidade, obrigando, nomeadamente, a distanciamento e uso de máscara e circulação de sentido único.
O programa de dois dias ocupará o sábado e o domingo, sendo o arranque com o habitual briefing a todas as equipas, logo pela manhã. As verificações técnicas darão lugar aos treinos livres e às qualificações, realizadas depois do almoço.
Fecha-se o primeiro dia de competição com o habitual jantar oferecido pela Câmara Municipal de Pinhel a toda a caravana do Drift presente, tendo como objetivo proporcionar, com todas as condições de segurança, um momento de confraternização.
Às 21H00 inicia-se a Taça Internacional com pilotos portugueses, espanhóis, franceses e suiços: Michaël Perrottet, Laurent Cousin, Marcos Correa, Rui Pinto, Pedro Sousa, João Salvador, Marcos Vieira, Nuno Ferreira, Gonçalo Minderico, Leandro Crivelaro, Victor Dias, e o atual campeão nacional de drift e representante de Portugal no FIA Motorsport Drift Games, em Itália, Diogo Correia, são alguns que já confirmaram a sua presença.
Domingo fica marcado com a realização das batalhas de qualificação e as finais que se vão espraiar pela tarde.
Imediatamente depois será feita a entrega de prémios, entre eles o Troféu Daniel Saraiva para o piloto com maior “fair play”, concluindo um programa carregado de adrenalina e espetáculo. Ou não fosse o Drift uma das mais espetaculares disciplinas do desporto automóvel.
Durante a apresentação oficial da prova, decorrida ontem no Intermarché/Roady da Guarda, onde esteve presente o embaixador da prova, Rui Pinto da equipa CN Racing, o presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, sublinhou “o enorme gosto que o concelho de Pinhel tem em voltar a receber a adrenalina do Drift. Estamos todos prontos para um fim de semana de emoções e de muita velocidade e estamos profundamente empenhados em garantir dois dias inesquecíveis respeitando sempre as normas e orientações de segurança emanadas pela Direção Geral de Saúde e demais entidades competentes.”
Já para Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, é um “enorme orgulho para o Clube Escape Livre levar uma das mais espetaculares disciplinas do desporto automóvel até à Pinhel. A Cidade Falcão tem sido um excelente palco para o Campeonato de Portugal de Drift e acreditamos que teremos uma prova muito competitiva plena de ação”.
E, como se está já na reta final, o centro comercial La Vie, na Guarda tem, por estes dias, o carro de drift de Rui Pinto em exposição.