user_mobilelogo

Alexandre Camacho arranca para o Rali Vinho da Madeira com o “objetivo de tentar vencer pela quarta vez a prova. Vamos ter adversários muito fortes, como o Miguel Nunes e o Pedro Paixão, e também poderá aparecer algum piloto continental na luta pela primeira posição. O ritmo nas provas do campeonato madeirense tem vindo a subir de evento em evento e creio que este rali irá ser muito competitivo e muito rápido, de grande qualidade. Fizemos os primeiros quilómetros com o nosso carro atual em Machico e, nesse sentido e comas indicações que recolhemos nessa participação, estivemos a trabalhar em algumas coisas que poderiam ser melhoradas pois pretendo ter tudo à minha medida”.

Com 41 anos de idade, Alexandre Camacho deu os primeiros passos nos ralis em 2001 com um Toyota Yaris. Tripulou inúmeras viaturas e na última década esteve ao volante de Peugeot 207 S2000, Porche 993 GT3, Peugeot 208 T16, Skoda Fabia R5 e, durante o ano passado, Citroën C3 R5. Em 2021 já utilizou um Citroën C3 Rally2 e agora um Skoda Fabia Rally2 Evo. Do seu palmarés constam seis títulos madeirenses absolutos (2008, 2009, 2015, 2017 e 2019) assim como a conquista do FIA European Rally Trophy em 2018. Após a vitória na Ribeira Brava e o segundo lugar em Machico, é o líder do campeonato regional.