user_mobilelogo
A próxima edição do Rali Vinho da Madeira irá contar com 50 inscritos, dos quais 31 são madeirenses e 19 de fora do arquipélago. Desses, o maior contingente provém de Portugal continental, dois são estrangeiros e um é açoriano. O rol de inscritos inclui dois campeões mundiais de escalão, um vice-campeão europeu e vários campeões nacionais e regionais, juntando nomes como os do espanhol Jan Solans, dos continentais Adruzilo Lopes, Armindo Araújo, Bernardo Sousa, Bruno Magalhães, José Pedro Fontes, Pedro Meireles e Ricardo Teodósio, do açoriano Luis Miguel Rego e dos madeirenses Alexandre Camacho, Filipe Freitas, José Camacho ou Miguel Nunes.
A lista de inscritos, a ser revelada no dia 28 de julho, incluirá ainda nomes, como os de Miguel Correia, Paulo Mendes e Pedro Paixão, de pilotos que costumam disputar as primeiras posições nos campeonatos em que militam num painel de viaturas composto, entre outros, por 16 viaturas Rally2, 1 WRC, 3 RGT, 4 Rally3 e 7 Rally4. O Rali Vinho da Madeira será palco da estreia nacional, pelas mãos de João Silva, do Renault Clio Rally4 e ainda da estreia na ilha de modelos como o Ford Fiesta R5 MkII, Subaru Impreza WRC S14, Ford Fiesta Rally3 e Renault Clio Rally5.
Edição de 2021 mantém itinerário. Qualifying e Power Stage com novidades
A Edição de 2021 do RVM mantém o itinerário do ano anterior, no entanto apresenta novidades o Qualifying e a Power Stage. José Paulo Fontes acredita que a Madeira vai ter um rali muito competitivo e apela a todos os madeirenses que vão para a estrada em segurança e se vacinem: "É importante que o RVM não seja um fator de propagação da Covid -19". A propósito anunciou uma série de ações a desenvolver em conjunto com as Autoridades Regionais de Saúde. O Presidente da Comissão  Organizadora do RVM 2021 defende que a saúde pública deve ser uma prioridade.
José Paulo Fontes anunciou que o valor da subvenção da Região é de 250 mil euros, um valor que reflete os tempos que vivemos., o RVM é muito mais do que uma prova de automobilismo: "a Madeira pára com o rali, os benefícios sociais e económicos, são muito superiores aos custos".
.