user_mobilelogo
  • Craig Breen/Andy Hayes venceram 7 dos 8 troços do Rali de Mortágua, penúltima prova do Campeonato Nacional de Ralis 2017.
  • De regresso a Portugal, mas agora em representação do Citroën Vodafone Team, o habitual piloto oficial da Citroën Racing no WRC fez uma prova de trás para a frente, recuperando todo o tempo perdido na véspera, ainda o rali não tinha verdadeiramente começado, e terminando com uma vantagem significativa.
  • Através do DS 3 R5 com as cores nacionais, a Citroën inscreveu, assim, o seu nome no palmarés de uma prova que lhe faltava no seu palmarés dos ralis em Portugal.

Amanhã, dia 24 de Setembro, disputa-se na lha da Madeira a 4ª e última prova do "CRTR" Campeonato Regional Trial Resistência 2017. Uma organização do Núcleo 4x4 do Clube Desportivo e Cultural do Porto Moniz. Toda a acção decorrerá na famosa e dura "Pista dos Lamaceiros", concelho do Porto Moniz.

Em questão estarão os títulos de Campeão nas duas classes em competição, "Promoção" e "Extreme".

Bem pode afirmar que Joana Barbosa e Sofia Mouta cumpriram na integra a missão que levaram para o Rali de Mortágua, penúltima etapa do calendário 2017 do Campeonato Nacional, que teve lugar este fim de semana.

  • Rezende e Pais do Amaral dominaram na primeira fase da prova
  • Duelos interessantes nos Turismo com destaque para Ford Cortina, Lotus, Mini e Volvo 121
  • Porsche da Gulf regressou com um andamento impressionante

O Circuito de Jerez encheu-se de história do desporto automóvel com as preciosidades que o Iberian Historic Endurance levou graças aos inscritos para esta jornada. No primeiro dia de competição, o calor marcou a acção em pista que teve na dupla do Porsche, Lopez/Rodriguez, a grande vencedora da primeira corrida do evento.

Filipe Albuquerque vai largar para as 4h de Spa-Francorchamps, penúltima prova do European Le Mans Series, da segunda linha da grelha na quarta posição. Um resultado, longe do ambicionado mas que vai permitir ao piloto português e aos seus companheiros de equipa na United Autosports, Will Owen e Hugo de Sadeller lutar por uma melhor posição que lhes permita discutir na última corrida da época no Algarve, o título de Campeão.

O primeiro dia de competição na Rampa de Boticas, derradeira jornada do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline em 2017, terminou com Pedro Salvador no comando da geral absoluta e da Categoria 1. O piloto do Silver Car EF10 está obrigado a vencer a prova e esperar que o seu principal adversário, Rui Ramalho em Osella PA21S Evo, termine em terceiro ou pior, para revalidar o título conquistado em 2016.

  • Gonçalo Manahu parte para a rampa de Boticas com dois pontos a separarem-no da revalidação do título.

São dois os pontos que separam o piloto do Porsche 997 GT3, do seu mais directo adversário na luta pelo título do Campeonato Nacional de Montanha, Categoria dois. As pontuações máximas estão equitativamente distribuídas pelos dois primeiros classificados, mas há que ter em conta que há uma pontuação a excluir e nesse campo, Gonçalo deita fora 13 pontos, enquanto o seu mais directo adversário deita 16. Ou seja, se o campeonato terminasse agora, Gonçalo Manahu era campeão.